quinta-feira, 3 de setembro de 2015

De memórias e homenagens: primeira parte.

Para Claridiane, Francieli, Adriane, 
Carine, Julia, Adriana, Denise, Geanine, Mairon e Fabi.

Lembro ainda hoje da homenagem que fizemos para a professora Magda Porto no final da primeira série do ensino fundamental, lá no Colégio Padre Nóbrega. Toda a turma se reuniu para comprar uma caixinha de música e um buquê de rosas para a "profe". Ela, emocionada, não sabia o que falar aos pais e alunos presentes naquela turma 11. E nem precisava. A presença dela em nossas vidas já era um agradecimento. 

Acho que foi com a professora Magda que decidi ser professora. Ela me apresentou o mundo, abriu os meus olhos para letrinhas e números de toda ordem. Com ela escrevi o meu nome, o meu sobrenome e me achei a pessoa mais importante do mundo. Mas não foi simples assim, coisa de técnica. Ela entrava na sala de aula como quem entrava para um encontro único e inesquecível. Ela tinha brilho nos olhos e muito amor no coração. Para ela, existíamos. Para ela, todos eram importantes. Para ela, eramos irrepetíveis. 

Quando eu me formei professora, a prof. Magda estava entre os primeiros nomes de minha lista. Ela não poderia faltar. Era preciso que tivesse reconhecido, ao menos de minha parte, todo o emprenho dedicado as minhas primeiras letras. Com ela, para além das palavras, aprendi que há dispositivos em nossa formação que vem do coração. E este vibra em outra sintonia quando encontramos território preparado para as semeaduras. 

Hoje, convidada para ser a Patrona da 2ª turma de Letras da UFFS Cerro Largo, passou um filme pela minha cabeça. Eu me vi sem palavras, imersa em uma emoção indescritível. É como se eu voltasse a meninice, naquela turma 11, e, ao mesmo tempo, me percebesse definitivamente professora. Foi nos olhos dos meus alunos que eu me encontrei... estes formandos maravilhosos que formam esta turma da 10ª fase.  

Em cada um dos meus alunos, uma história, muitos sonhos, muitas expectativas.... No meu coração, o desejo de que encontrem pelo caminho alunos tão especiais como eles, capazes de proporcionar a um professor a possibilidade do crescimento, da aprendizagem, da troca, da amizade, da amorosidade. Vejo em cada deles um pouco da minha Prof. Magda - com o coração gigantesco, cheio de amor e de respeito pelos projetos de vida que chegavam em sua sala de aula. Com eles sou definitivamente feliz! 

Valeu a pena... Valeu!



4 comentários:

  1. Parabéns Angel querida.. te conhecendo "um pouco" sei que é um ser super sensível a esses carinhos da vida acadêmica que, como eu, está sentindo uma felicidade absolutamente humana de felicidade... parabéns, querida, por ser essa pessoa querida humana e patronesse de uma turma. bjaoo grandao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Tati! Estou realmente radiante, inundada de alegria. Estes alunos acham que a gente faz a diferença na vida deles, mal sabem eles que são eles os verdadeiros protagonistas da nossa existência. Abração.

      Excluir

Do guarda-roupa e da vida

Sempre tive uma relação interessante com o meu guarda-roupa. Sempre. E de alguma forma muito misteriosa ele revela como anda minha vida ...