terça-feira, 12 de julho de 2016

Das transformações II

No casulo
sou feito poesia de fim de tarde:
lusco-fusco-me para aurorar-me.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Do guarda-roupa e da vida

Sempre tive uma relação interessante com o meu guarda-roupa. Sempre. E de alguma forma muito misteriosa ele revela como anda minha vida ...